Você é o sal da terra

Categorias: Esboços de Sermões, Esboços de Sermões Textuais Tags: Sermões sobre Evangelismo, Sermões sobre Influência

Sermão Você é o Sal da Terra – Esboço de sermão por Tom Moore sobre a declaração de Jesus em Mateus 5:13, Você é o sal da terra. Ele discute o significado e a aplicação.

INTRODUÇÃO:

A. Agora deixamos de lado as Bem-aventuranças e avançamos para a próxima seção do Sermão da Montanha

1. Lembre-se, no entanto, que as Bem-aventuranças têm a ver com duas coisas

a. Fé – início, crescimento, maturidade e teste

b. Caráter das pessoas que seriam discípulos de Jesus

2. É essencial lembrar das bem-aventuranças, pois elas estabelecem uma base sobre a qual o resto do sermão é construído

B. Hoje à noite examinamos a declaração de Jesus sobre o sal

1. Vós sois o sal da terra, Mateus 5:13

2. Isso deve ter surpreendido as pessoas que ouviram, pois elas não estavam entre os poderosos ou elite do mundo, ou de qualquer forma em posição de se considerarem capazes de impactar o mundo

3. No entanto, Jesus sabia algo sobre o mundo e sobre eles que nem sempre é prontamente aparente

C. Hoje à noite, então, vamos nos concentrar na declaração de Jesus, “vós sois o sal da terra”.

DISCUSSÃO: [ discussão deste sermão sobre você é o sal da terra ]

A. “VÓS SOIS O SAL DA TERRA” REVELA ALGO SOBRE O MUNDO

1. Somos tentados a começar imediatamente falando sobre as pessoas e o fato de que Jesus disse, “vós sois o sal da terra”.

a. Primeiramente, precisamos entender que, seja lá o que essa afirmação signifique, primeiro precisamos compreender a clara implicação sobre o mundo

b. Precisamos entender o que Jesus sabia sobre o mundo antes de podermos entender sobre o sal

2. Jesus claramente implica que o mundo está cheio de decadência, cheio de coisas que levam à doença e à morte

a. O mundo tem algo chamado pecado, que está solto e em um frenesi

b. A tendência do mundo é em direção ao que é mal e ruim

c. O mundo é corrupto e ofensivo, está poluído, decaindo e morrendo

3. Observe alguns versículos que nos dão o conceito bíblico do mundo

a. Salmo 14:1-3

b. Jeremias 17:9

c. Gênesis 6:5-6

4. Se você compreender a implicação sobre o mundo na declaração de Jesus, sua intenção para nós como sal fica clara

a. O sal funciona porque é fundamentalmente diferente daquilo a que é aplicado

b. Assim como as bem-aventuranças nos ensinaram, devemos ser diferentes do mundo

c. Somente quando somos diferentes, podemos realmente ter o efeito que Jesus tinha em mente

B. “VÓS SOIS O SAL DA TERRA” REVELA ALGO SOBRE O POVO DE DEUS

1. Para entender o que Jesus revela sobre o povo de Deus, agora precisamos entender algumas coisas sobre o sal

a. O sal é um conservante – esfregado na carne, por exemplo, impede a carne de se deteriorar e a mantém boa para comer

1) Note que o sal não torna algo bom

2) O sal só impede algo de se tornar ruim

b. O sal é um antisséptico – dissolvido em um copo de água, ajuda a matar os germes que causam dor de garganta

1) Você não faz gargarejo com água salgada para se manter saudável

2) Você faz gargarejo para matar os germes

c. O sal é um agente de tempero – espalhado em alimentos sem graça, ajuda a realçar o sabor

1) O sal por si só não tem um sabor tão bom

2) O sal aplicado aos alimentos os torna melhores

2. Quando fazemos a aplicação dessa imagem de sal às pessoas para quem Jesus falou, fica mais claro o que Jesus queria que seus discípulos fizessem

a. Devemos funcionar como um conservante no mundo

1) Isso se aplica especificamente à tendência do mundo para a podridão do pecado

2) Fazemos isso sendo diferentes do mundo em que vivemos

3) Acredito que você vê esse efeito quando um homem ou uma mulher piedosa faz sua presença conhecida no mundo

4) Muitas vezes, o fato de uma pessoa piedosa estar presente, interrompe a tendência para o pecado e para um pecado pior

b. Devemos funcionar como um antisséptico no mundo

1) Novamente, isso se aplica especificamente ao pecado no mundo

2) Fazemos isso vivendo fielmente a Deus

3) Acredito que você vê esse efeito quando nosso envolvimento na vida não apenas interrompe a tendência para o pecado, mas a direciona de volta a Deus

4) Fazemos isso quando temos a oportunidade de ajudar a estabelecer o ritmo e a agenda pela qual o mundo vive

c. Devemos ser um agente de tempero no mundo

1) Isso se aplica ao fato de que sem Deus, a vida se torna monótona e sem brilho, levando as pessoas a procurar a emoção sempre-elusiva

2) Sem Deus, o ser humano está em uma busca interminável por significado e satisfação

3) Você vê o efeito do sal nas vidas transformadas, valores, significado e propósito no povo de Deus

4) Fazemos isso ajudando as pessoas a ver que há uma alternativa para a constante espiral descendente do desespero

3. Considere o que esses versículos dizem sobre o cristão e o mundo

a. Efésios 5:1-4

b. João 17:15-18

c. Filipenses 4:4-8

d. Filipenses 4:11-12

e. Romanos 12:1-2

f. 1 João 2:15-17

4. Finalmente, neste sermão você é o sal da terra…

C. E SE O SAL PERDER A SUA SALINIDADE?

1. Essencialmente, a pergunta é:

a. “O que acontece quando o sal não é mais diferente daquilo a que é aplicado?”

b. “O que acontece quando o sal não mais funciona como sal?”

2. Sabemos que algo aconteceu ao sal se perder a sua salinidade

a. Basicamente, a única forma disso acontecer é o sal se misturar com outro elemento a ponto de se tornar ineficaz

b. Isso acontece quando as pessoas que devem ser diferentes do mundo se tornam iguais ao mundo

c. Se isso acontecer, não poderemos mais preservar, purificar ou temperar o mundo, porque teremos a mesma necessidade de sal que eles têm

3. Isso é inútil tanto para Deus quanto para o homem

CONCLUSÃO: [ conclusão deste sermão você é o sal da terra ]

A. Somos chamados a mudar o mundo em que vivemos

1. Fazemos isso sendo diferentes daquilo que normalmente é encontrado no mundo

2. Fazemos isso praticando a vida de Deus em meio a um mundo pecaminoso

B. Aqui é onde precisamos começar a fazer uma verdadeira autocrítica

1. Há uma distinção clara entre sua vida e a das pessoas que vivem ao seu redor?

2. Você é indiferente à condição do mundo e à sua responsabilidade de afetar sua parte do mundo para o bem?

C. Vós sois o sal da terra, Mateus 5:13.