Sermão sobre Amar a Deus – Amarás ao Senhor Teu Deus

Categorias: Esboços de Sermões, Esboços de Sermões Textuais Tags: Sermões sobre Deus, Sermões sobre o Amor

Sermão sobre Amar a Deus

INTRODUÇÃO: Marcos 12:28-31

A. Em Marcos 12:30-31, temos um mandamento fundamental para todo cristão, um mandamento que está no cerne do cristianismo.

1. Se estes versículos não estiverem enraizados em nossa vida diária, nunca seremos espiritualmente o que deveríamos ser.

2. É, de fato, um mandamento fundamental.

B. Marcos 12:28-31

C. Conhecemos estes versículos, ouvimos frequentemente e entendemos que devemos amar a Deus com todo o nosso ser e o nosso próximo como a nós mesmos.

1. Muitos afirmam amar a Deus.

2. Muitos dizem que amam a Deus.

3. Muitos dizem que amam o próximo.

D. No entanto, muitos não compreendem realmente o que significa amar a Deus com todo o nosso ser e amar verdadeiramente o nosso próximo; portanto, vamos aprofundar em Marcos 12:30-31 e entender o que realmente significa amar a Deus com todo o nosso ser.

DISCUSSÃO:

A. “Amarás o Senhor teu Deus”

1. Primeiro, note que não se trata de um pedido ou uma opção, é um mandamento, um imperativo.

2. Devemos amar (agape)

a. A forma mais elevada de amor

b. Um amor intelectual que sempre faz o que é certo e melhor.

c. Agape, não phileo

3. Devemos amar a Deus, o que exclui colocar qualquer coisa acima de Deus em importância.

B. “Com TODO o teu…”

1. Não devemos nos conter em nosso amor

2. Dar nosso melhor esforço

3. Não nos contentar com menos que o melhor

C. “Amar … com todo o teu entendimento”

1. Isso tem a ver com o intelecto ou conhecimento.

2. Para amar a Deus como devemos, deve ser feito através do conhecimento.

3. Os biblicamente ignorantes realmente não amam a Deus.

a. Romanos 10:3

b. Efésios 4:18

c. João 14:15 … Como alguém pode guardar o que ele não conhece?

d. Oséias 4:6

4. Para amar a Deus com toda a nossa mente, devemos estudar.

a. Deuteronômio 17:19

b. Isaías 34:16

c. João 5:39

d. Atos 17:11

e. 2 Timóteo 2:15

5. Nossas mentes devem estar cheias de verdade.

a. 2 João 4

b. 3 João 3

6. Não podemos amar a Deus como devemos se formos biblicamente ignorantes.

D. “Amar … com todo o teu coração”

1. Isso é amar a Deus com emoção e afeto.

2. Devido ao movimento pentecostal na igreja nas décadas de 50 e 60, muitos foram para o extremo oposto e têm medo de mostrar qualquer emoção.

3. Não podemos agradar a Deus apenas com emoção pura.

a. As pessoas acabam fazendo o que querem com isso.

b. Devemos ter a emoção sob controle e guiada pelo conhecimento.

4. As emoções são importantes:

a. Ceia do Senhor

b. Batismos

c. Almas perdidas

d. Os aflitos

5. A Bíblia está cheia de emoção.

a. Lucas 10:20

b. Romanos 12:15

c. Filipenses 4:4

d. 1 Tessalonicenses 5:16

e. Mateus 9:36

f. Salmo 122:1

g. Salmo 84:10

E. “Amar … com toda a tua alma”

1. Isso é amar a Deus com a própria vida, a palavra grega é traduzida como vida em muitos versículos – pode também ser traduzida como respiração (psuche)

2. Isso envolve a disposição de entregar toda a nossa vida ao Senhor.

3. Ao fazer isso, devemos viver uma vida sacrificial.

a. Romanos 12:1-2 … transformados = metamorfoo

b. Mateus 16:25

c. 1 Coríntios 10:24

4. Para amar a Deus com toda a nossa alma, devemos estar dispostos a entregar toda a nossa vida a Ele, dedicar toda a nossa vida ao Seu serviço e até estar dispostos a morrer por Ele.

F. “Amar … com todas as tuas forças”

1. Fazemos isso usando nossas habilidades, nosso dinheiro e nosso tempo.

2. Devemos usar nossas habilidades para o Senhor.

a. Mateus 25:14-30

b. Muitos talentos nunca são usados para o Senhor.

c. Muitos talentos nunca são desenvolvidos.

3. Dar mostra o nosso verdadeiro amor pelo Senhor.

a. 2 Coríntios 8:2, 5

b. 2 Coríntios 9:7, 12

4. Dar o nosso tempo mostra o nosso verdadeiro amor por Deus.

a. Efésios 5:15-16

b. Salmo 90:12

c. Eclesiastes 12:1

d. Colossenses 4:5

G. “Amar o teu próximo como a ti mesmo”

1. Se você ama o seu próximo como a si mesmo, você aplica os mandamentos em sua conduta para com ele tão escrupulosamente quanto deseja que ele os aplique a você.

a. Você não deve prejudicá-lo ou mentir para ele, ou roubar dele, ou cobiçar o seu sucesso; você deve tratá-lo exatamente como no lugar dele deseja ser tratado ou deve ser tratado por ele.

b. O mesmo princípio de amor subjaz aos dois grandes mandamentos.

2. Mateus 7:12

3. Romanos 13:8-10

4. “Não há outro mandamento maior do que estes” (Mc. 12:31)

5. “Disso dependem toda a Lei e os Profetas.” (Mt 22:40)

CONCLUSÃO: Amarás o Senhor Teu Deus…

A. Devemos entender que realmente não podemos amar a Deus com todo a nossa alma e força sem antes amá-lo com toda a nossa mente e coração.

B. Amar a Deus é mais do que apenas um serviço de lábios, é entregar TODO O NOSSO SER!!!

1. TODA a nossa mente

2. TODO o nosso coração

3. TODA a nossa alma

4. TODA a nossa força