O Segundo Mandamento – Amarás o teu próximo como a ti mesmo

Categorias: Esboços de Sermões, Esboços de Sermões Textuais Tags: Sermões sobre o Amor

Data escrita: 2 de junho de 2006

Texto da Bíblia: Mateus 22:36-40

ASSUNTO: Amor, Obediência

TÍTULO: O Segundo Mandamento

PROPOSIÇÃO: O que significa amar o próximo como a si mesmo? Como eu pratico isso? Por onde eu começo?

Objetivos: Que cada um entenda mais sobre o segundo mandamento e como vivê-lo.

Objetivo: Encorajar a todos a praticar o segundo mandamento.

INTRODUÇÃO:

1. Ler: Mateus 22:36-40

2. Sobre o Texto:

1) Havia muitas outras ocasiões em que Jesus foi perguntado qual era o maior mandamento.

2) Essa era uma pergunta popular no mundo rabínico da época e muito disputada.

3) Alguns diziam que era o mandamento de realizar sacrifícios.

4) Outros diziam que era o mandamento de observar as grandes festas.

5) E com mais de 600 mandamentos no Antigo Testamento havia muito espaço para argumentar, ou assim pensavam.

6) Esperava-se que Jesus tomasse partido de uma escola em particular para desacreditá-lo.

7) A resposta de Jesus a essa pergunta foi indiscutível.

8) Jesus, no entanto, não se contentou em deixar por isso mesmo; Ele também deu o segundo mandamento.

9) Ele cita Levítico 19:18 que diz: “Não busques vingança, nem guardes cólera contra os filhos do teu povo; amarás o teu próximo como a ti mesmo. Eu sou o Senhor”.

10) Hoje em dia muitos dizem amar o próximo apenas de boca, mas muitas vezes falham em colocar em prática.

11) Muitos simplesmente não sabem o que significa amar o próximo por estarem tão preocupados consigo mesmos.

3. Ref. a S, T, P, O e A.

DISCUSSÃO:

I.   QUEM É MEU PRÓXIMO?

1. Esta é a mesma pergunta que foi feita por outra pessoa na Bíblia.

2. Em Lucas 10:29, um advogado, depois de entender o primeiro e segundo mandamento, perguntou “Quem é o meu próximo?”

3. Em resposta, Jesus contou a parábola do Bom Samaritano. Lucas 10:30-35 (Ler)

4. Então Jesus perguntou a esse homem: “Qual destes três te parece ter sido o próximo do homem que caiu nas mãos dos salteadores?”

5. Ele respondeu: “Aquele que usou de misericórdia para com ele”.

6. Aprendemos com essa parábola que um próximo não é apenas alguém que mora ao lado.

7. Um próximo é qualquer pessoa disposta a ajudar em tempos de necessidade.

8. E de forma diferente do velho provérbio, se quisermos ter vizinhos, precisamos ser vizinhos.

II.  O QUE SIGNIFICA AMAR?

1. Hoje em dia muitas pessoas definem o amor como ter sentimentos profundos por outra pessoa.

2. É assim que a Bíblia define a palavra?

3. 1 Coríntios 13:4-7 nos ensina o significado de amar. (Ler)

4. Amar, então, não é apenas ter sentimentos profundos por alguém, mas buscar o seu bem maior.

5. Jesus disse: “Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a sua vida pelos seus amigos” (João 15:13).

6. Temos esse tipo de amor pelo nosso próximo?

III. QUANDO DEVO AMAR MEU PRÓXIMO?

1. Você pode estar pensando em resposta a essa pergunta: “O tempo todo!”

2. Isso estaria correto. Provérbios 17:17 diz: “Em todo o tempo ama o amigo…”.

3. No entanto, amar não é apenas sentir, como notamos acima; o amor age!

4. Então quando agimos pelo nosso amor pelo próximo?

5. Em primeiro lugar, quando temos a oportunidade. Gálatas 6:10 diz: “Assim, enquanto temos oportunidade, façamos o bem a todos, especialmente aos da família da fé.”

6. Em segundo lugar, quando sabemos fazer o bem. Tiago 4:17 afirma: “Portanto, aquele que sabe que deve fazer o bem e não o faz nisso está em falta”.

7. Em terceiro lugar, quando há uma necessidade. Atos 2:45 diz: “Vendiam suas propriedades e bens, distribuindo o produto entre todos, à medida que alguém tinha necessidade”.

IV.  ONDE DEVO AMAR MEU PRÓXIMO?

1. Privadamente em casa. Nossa sociedade estaria muito melhor se reconhecêssemos que amar nosso próximo começa em casa.

1) Há a tentação de pensar que quando estou em casa, na minha própria casa, posso fazer o que quiser.

2) Não há tal desculpa no Cristianismo.

3) Os maridos devem amar suas esposas (Efésios 5:25).

4) As mulheres devem amar seus maridos (Tito 2:4).

5) Os pais devem amar seus filhos (Efésios 6:4, Tito 2:4).

6) As crianças devem amar seus pais (Efésios 6:1-2).

7) Eu temo que haja uma grande escassez de amar o próximo em nossas próprias casas.

2. No trabalho.

1) Nossos colegas de trabalho são nossos vizinhos.

2) Isso inclui chefes, subordinados e colegas de trabalho.

3) João 13:35 diz: “Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se tiverdes amor uns pelos outros”.

3. No lazer.

1) É tentador quando vamos de férias ou nos envolvemos em recreação apenas pensar em nós mesmos.

2) Os psicólogos falam sobre ter um “tempo para mim”.

3) Não há tempo exclusivo desse tipo para o cristão.

4) Filipenses 2:3 afirma: “Nada façais por contenda ou por vanglória, mas por humildade, considerando os outros superiores a si mesmos” e “Não olhe cada um somente para o que é seu, mas cada qual também para o que é dos outros”.

4. Em público. Jesus disse: “Assim brilhe a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem o vosso Pai que está nos céus” (Mateus 5:16).

5. Onde quer que estejamos, esse é o lugar para amar o nosso próximo.

V.   COMO AMAR MEU PRÓXIMO?

1. A parábola do Bom Samaritano nos dá uma resposta para essa pergunta – mostrando misericórdia.

2. Paulo nos diz que obedecer aos mandamentos de Deus é mostrar amor ao próximo. “Porque este: Não cometerás adultério, não matarás, não furtarás, não dirás falso testemunho, não cobiçarás; e se há algum outro mandamento, tudo nesta palavra se resume: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo. O amor não faz mal ao próximo; assim, o amor é o cumprimento da lei” (Romanos 13:9-10).

3. O amor também compelirá alguém a contar aos outros a mensagem do evangelho. Isso compelou até mesmo Deus! João 3:16.

4. Se amamos nosso próximo, respeitaremos os mandamentos de Deus e ensinaremos a verdade sobre a salvação deles.

VI.  POR QUE DEVO AMAR MEU PRÓXIMO?

1. Porque Deus ordena. Tiago diz que é a “lei real”. “Se vós, contudo, observais a lei real segundo a Escritura: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo, fazeis bem” (Tiago 2:12).

2. Porque é o resultado natural de praticar a regra de ouro. Jesus disse: “Portanto, tudo o que vós quereis que os homens vos façam, fazei-o vós também a eles…” (Mateus 7:12).

3. Po
rque promove a paz e a harmonia entre os homens. Romanos 12:18 ensina: “Se for possível, quanto depender de vós, tende paz com todos os homens”.

4. Porque é simplesmente a coisa certa a fazer.

CONCLUSÃO:

1. Respondemos várias questões sobre o segundo mandamento hoje.

2. Você tem praticado o segundo mandamento em sua vida?

3. Eu exorto você a começar a fazer isso.

4. Se você precisa de encorajamento regular para fazer exatamente isso, ficaríamos felizes em ajudá-lo.

5. Convite