O que a Bíblia diz sobre cristais?

Quando a maioria de nós pensa em cristais, pensamos em uma joia sofisticada ou no mineral que aprendemos na aula de ciências. Os cristais são realmente belos e fazem parte da bela criação de Deus. Embora a Bíblia fale sobre cristais, algumas pessoas nos dias de hoje acreditam que os cristais têm poderes de cura ou especiais.

Neste artigo, vamos discutir o que a Bíblia diz sobre cristais e o que não diz.

**1. Cristais Belos**

O Antigo Testamento menciona cristais muitas vezes. Jó 28:19 fala sobre o topázio, que é um cristal: “O topázio de Cuxe não se compara a ele; não pode ser comprado com ouro puro.” Lamentações 4:7 fala de rubis em analogia: “Seus príncipes eram mais brilhantes que a neve e mais brancos que o leite, seus corpos mais avermelhados que rubis, sua aparência como lápis-lazúli.” Provérbios 8:11 também fala sobre rubis: “Porque a sabedoria é melhor do que os rubis; e de tudo o que se deseja nada se pode comparar com ela.” Nesses sentidos, a Bíblia usa cristais para se referir a uma variedade de coisas diferentes.

Além do Antigo Testamento, o Novo Testamento fala sobre cristais no Novo Céu e Nova Terra. O rio descrito no Novo Céu e Nova Terra é descrito como cristalino (Apocalipse 22:1). A área diante do trono de Deus também é descrita como cristalina (Apocalipse 4:6). Embora a Bíblia use a bela imagem do cristal em seus escritos, ela nunca nos diz que os cristais têm propriedades de cura ou mágicas, como é popularmente acreditado na sociedade em geral.

**2. Cristais de Cura**

Cristais de cura e cristais com outras propriedades mágicas são um tópico popular no mundo de hoje. Aqueles que acreditam no poder dos cristais acreditam que diferentes cristais têm propriedades diferentes ou poderes diferentes para ajudar quem os usa ou os usa.

A crença nos poderes de cura dos cristais não é algo novo. Em tempos antigos, como nas culturas do Egito, Grécia e China, as pessoas acreditavam que os cristais tinham poderes mágicos. Apesar de muitas pessoas terem usado cristais e acreditarem que podem curar doenças, não há absolutamente nenhuma evidência científica para apoiar essas alegações. É melhor ver os cristais como o que são – apenas minerais.

Os cristais não têm poderes para curar ninguém, nem têm propriedades mágicas. Em vez de conter propriedades mágicas, os cristais são apenas belos minerais criados por Deus.

**3. Propriedades Especiais**

Como já abordado, os cristais não possuem propriedades especiais que lhes confiram poderes especiais.

Muitas pessoas acreditam que os cristais não só podem trazer cura e curas para doenças, mas também acreditam que os cristais podem trazer boa sorte, ajudar em relacionamentos românticos e ajudar a evitar que uma pessoa seja afetada por forças malignas.

Como cristãos, sabemos que a Bíblia nunca nos diz que os cristais podem fazer essas coisas. Aqueles que dão tanta importância aos cristais estão de certa forma envolvidos com o ocultismo. A Bíblia nos adverte contra a participação no ocultismo.

“Que entre vocês ninguém seja encontrado… que pratica adivinhação ou feitiçaria, interpreta presságios, recorre à feitiçaria, é médium ou espírita, ou consulta os mortos. Quem pratica essas coisas é detestável ao Senhor; por causa dessas mesmas práticas detestáveis, o Senhor, o seu Deus, os expulsará diante de vocês” (Deuteronômio 18:10-12).

Embora muitas pessoas argumentem que os cristais não fazem parte do ocultismo, eles realmente são, pois são usados com o propósito de tentar manipular situações.

**Os Cristãos Podem Usar Cristais?**

Os cristãos não devem usar cristais porque fazem parte do ocultismo. Sempre que tentamos manipular situações através de objetos, como cristais, estamos participando do ocultismo.

É melhor para os cristãos se absterem de cristais no sentido de usá-los por propriedades de “cura” ou outras propriedades mágicas.

Se um cristão quiser usar um cristal apenas como joia e o cristão não estiver usando-o para “propósitos especiais”, então está perfeitamente bem. É apenas aconselhável para os cristãos não procurar cristais ou suas “propriedades de cura”.

A Bíblia nunca nos diz que os cristais têm habilidades especiais e a ciência também confirmou que os cristais não podem realmente curar qualquer condição ou afetar o resultado de um evento.

Os cristais foram usados para uma infinidade de coisas em todo o mundo, mas nunca devemos usá-los no sentido do ocultismo ou práticas ocultas.

**É Considerado Idolatria Ter Cristais?**

Sempre que colocamos algo acima de Deus, isso se torna um ídolo em nossa vida, e nos tornamos culpados de idolatria. Se estamos buscando ativamente cura ou ajuda dos cristais, então estamos colocando os cristais como ídolos em nossas vidas.

Nunca devemos adorar alguém ou algo além de Deus. Se você teve um passado com cristais, está tudo bem. O Senhor perdoará se você pedir.

Certifique-se de se afastar dos cristais e se livrar de tudo o que está associado aos cristais, incluindo os próprios cristais. Se você está atualmente participando da prática de cristais, você precisa parar, buscar a Deus e se voltar para Ele.

O Senhor não quer que você esteja envolvido com o ocultismo. Ele quer que você se volte para Ele e busque Sua ajuda, amor e orientação. Os cristais oferecem promessas vazias. Somente Deus pode nos fornecer verdadeira cura, amor e orientação.

Cristais são apenas minerais criados pelo Senhor Deus Todo-Poderoso. Eu nunca tive experiência pessoal com cristais, mas conheci muitos cristãos que usaram cristais e puderam sentir o quanto a prática dos cristais os afastava de Deus e de Sua graça.

Como crentes, precisamos nos esforçar para nos aproximar de Deus e nos tornarmos mais à Sua imagem. Não devemos participar de nada que nos afaste Dele.

Tiago 4:8 nos diz: “Aproximem-se de Deus, e ele se aproximará de vocês. Limpem as mãos, pecadores; e purifiquem o coração, vocês de duplo ânimo.”

Seria sábio seguir o conselho de Tiago e escolher se aproximar de Deus desistindo de práticas ocultistas, incluindo o uso de cristais. Da mesma forma, precisamos lavar as mãos e purificar nossos corações, afastando-nos ativamente do pecado em nossas vidas.

Desistir do uso de cristais pode ser difícil se você os estiver usando há muito tempo ou se tiver uma forte crença nos cristais, mas é vital que você desista dessa prática. Os cristais não o aproximam de Deus.

Na verdade, eles o afastam Dele e fazem com que os cristais mesmos se tornem o ídolo ou “deus” em sua vida. Prometo que sua vida será muito melhor se você colocar Deus em primeiro lugar em sua vida em vez de cristais.

Com Deus, há amor, paz e liberdade, mas com cristais, há apenas promessas vazias, dor e falsa esperança. Volte-se para o Senhor hoje e Ele pode ajudá-lo. O Senhor nunca nos prometeu que nos curaria de nossas doenças, nem nos prometeu que nossas vidas seriam perfeitas, mas Ele prometeu que Ele estaria conosco em tudo – nos momentos felizes e nos momentos sombrios (Salmo 23; Hebreus 13:5).

**Para leitura adicional:**

– [Devemos Impor as Mãos nos Doentes para Cura?](https://www.christianity.com/wiki/bible/should-we-lay-hands-on-the-sick-in-healing.html)
– [7 Óleos de Cura Encontrados na Bíblia](https://www.christianity.com/featured-plus-pdfs/7-healing-oils-found-in-the-bible)
– [O Que é Idolatria na Bíblia?](https://www.christianity.com/wiki/christian-terms/what-is-the-definition-of-idolatry-in-the-bible.html)
– [Qual é o Significado e as Crenças do Ocultismo?](https://www.christianity.com/wiki/cults-and-other-religions/what-is-the-meaning-and-beliefs-of-the-occult.html)