O jantar mais caro do mundo – Site do Pastor

O JANTAR MAIS CARO DO MUNDO
Gênesis 25

O jantar mais caro do mundo é o título deste sermão que nos mostra alguns dos MOTIVOS MAIS ABSURDOS pelos quais uma pessoa abre mão da bênção de Deus.


1. QUESTÕES RELACIONAIS MAL RESOLVIDAS (vs 23)

Estes dois irmãos, Jacó e Esaú, “brigavam” desde o ventre materno (exames modernos por imagem já registraram situações semelhantes ao vivo). Essa rixa de criança se estendeu por quase toda a vida deles.

Muitas coisas ruins acontecem quando há disputas entre irmãos, inclusive na igreja. Questões relacionais mal resolvidas são uns dos principais motivos pelos quais as pessoas abrem mão da bênção de Deus.

As famílias e as igrejas precisam usar as armas espirituais que nos foram dadas por Deus para combater e resolver os seus conflitos internos. Confiem em Deus e em Sua santa Palavra. E não acreditem que o tempo cura tudo.

“Porque pela graça que me é dada, digo a cada um dentre vós que não pense de si mesmo além do que convém; antes, pense com moderação, conforme a medida da fé que Deus repartiu a cada um. Porque assim como em um corpo temos muitos membros, e nem todos os membros têm a mesma operação, assim nós, que somos muitos, somos um só corpo em Cristo, mas individualmente  somos membros uns dos outros.” (Romanos 12:3-5)

2. ACREDITAR QUE É “O QUERIDINHO” DA CASA (vs 28)

Este lar tinha sérios problemas, pois Esaú era o queridinho do papai e Jacó, o queridinho da mamãe (receita caseira de desgraças).

Mesmo sabendo que milhares de cristãos sofreram e ainda sofrem perseguições em todo o mundo (e permanecem firmes), muitos cristãos querem ser mimados por Deus. Já conheci vários que não suportam lutas e sofrimentos, pois acreditam que as “princesas de Jesus” e os   “filhos do Rei” não podem passar por nada disso. Sim, somos amados por Deus, o nosso Pai, aleluia, porém, esta crença egoísta e equivocada de que temos privilégios especiais tem levado muitos à fraqueza espiritual, pois filhos mimados são muito fracos. 

“Amados, não estranheis a ardente prova que vem sobre vós para vos tentar, como se coisa estranha vos acontecesse; mas alegrai-vos no fato de serdes participantes das aflições de Cristo, para que também na revelação da sua glória vos regozijeis e alegreis. Se pelo nome de Cristo sois vituperados, bem-aventurados sois, porque sobre vós repousa o Espírito da glória e de Deus; quanto a eles, é ele, sim, blasfemado, mas quanto a vós, é glorificado.” (1 Pedro 4:12-14)




PONTO-CRUZ   (use este PC aqui)   – O que é isso?
Jesus é o Filho Amado do Pai, no entanto, se humilhou e sofreu a morte de cruz para nos resgatar das garras do pecado (Fp 2.8).
3. CARNALIDADE (vs 30 a 34)

Esaú era um sujeito sem controle, sem domínio próprio, levado pelos impulsos carnais imediatos. Era tão compulsivo que chegava a ser infantil, leviano, um verdadeiro “filhinho de papai”. Ao chegar em casa depois de um dia de caça fracassada, ele disse para o seu irmão “estou morrendo de fome” (como é que alguém iria morrer de fome dentro da própria casa de uma família rica?).

Essa carnalidade, essa compulsão, essa falta de domínio próprio tem levado muitos cristãos a tomarem decisões desastrosas em suas vidas. Esaú trocou a sua milionária herança por um mísero prato de lentilha. Quantos cristãos fazem o mesmo hoje em dia?

“Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, prostituição, impureza, lascívia, idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus.” (Gálatas 5:19-21)

CONCLUSÃO

Resumindo, por ser um sujeito em conflitos relacionais, o “queridinho” do papai (talvez tenha achado que seu pai iria desconsiderar o trato que ele fez com Jacó) e carnal, este moço comeu o jantar mais caro do mundo. Ele trocou sua milionária herança por um prato de lentilha. 

 

Título: O jantar mais caro do mundo
Autor: Pr Ronaldo Alves Franco
Data: 11/10

Veja também nossos Artigos


Deixe seus comentários logo abaixo.

Acima de tudo. Havendo discórdia. Em síntese. Onde houver erros. Acima de tudo. Antes de mais nada. Onde houver ódio. Discórdia, que eu leve a união. Em síntese, fé. Onde houver erros,  verdade. Assim como, perdão.  Desespero, esperança. Tristeza, alegria. Trevas, luz. Acima de tudo. Havendo discórdia.

Acima de tudo. Havendo discórdia.

Em síntese. Onde houver erros. Acima de tudo. Antes de mais nada. Onde houver ódio. Discórdia, que eu leve a união. Em síntese, fé. Onde houver erros,  verdade. Assim como, perdão.  Desespero, esperança. Tristeza, alegria. Trevas, luz. Acima de tudo. Havendo discórdia. 

Site do Pastor