Não desista do que Deus prometeu para você

Nesta passagem, Deus animava Abraão ao lhe prometer um filho. E, a partir desse filho, Ele prometia também uma posteridade tão grande, que ele nem conseguiria contar.

Olhando o cenário, a promessa de Deus era impossível! A esposa dele era estéril e os dois já eram bem idosos. Ainda assim, Deus mandou que ele contasse as estrelas do céu.

Quantas vezes, ao pedir que Deus fizesse um milagre, você desanimou por que achou que tudo parecia ir no sentido oposto ao que esperava? Quantas vezes, sua lógica natural bloqueou a sua crença e limitou o agir de Deus?

Abraão, conhecido como o “pai na fé”, também era humano e tinha seus próprios anseios. Até por isso, no meio do caminho, ele e sua esposa vacilaram quando concordaram em ter um filho por conta própria, através de Agar, a serva egípcia de Sara.

Ismael não era o filho da promessa e nasceu quando Abraão tinha 86 anos. Depois disso, Abraão ainda esperou muitos anos até ter Isaque em seus braços, o que aconteceu quando ele tinha 100 anos.

Durante todo esse tempo, o que será que passou na cabeça de Abraão? Com certeza, assim como nós, ele também foi tentado a desistir e a não acreditar mais na promessa de Deus.

Por isso, Deus o orientou a olhar para o alto, para cima, para Ele. Deus mandou que Abraão, da mesma forma que via as estrelas, visualizasse a extensão do seu milagre.

Você também, enquanto estiver no tempo de espera, precisa olhar para o alto e ver, com os seus olhos espirituais, aquilo de melhor que Deus reservou para você.

Não desanime! Pode ter certeza que, quando a sua bênção chegar, ela será infinitamente maior do que a sua melhor expectativa!

Deus é capaz de fazer infinitamente mais do que tudo que pedimos ou pensamos, de acordo com o seu poder que atua em nós.

Confie no Senhor de todo o seu coração e não se apoie em seu próprio entendimento; reconheça o Senhor em todos os seus caminhos, e ele endireitará as suas veredas.

Deus te abençoe.

Devocional Diário.

Alimente sua fé diariamente com inspiração divina.