Lições de Rute | Lições de Amor da Vida de Rute.

Categorias: Sermões Biográficos, Sermões Tags: Sermões sobre Amor

ASSUNTO: Amor

TÍTULO: Lições de Amor da Vida de Rute

PROPOSIÇÃO: Vemos no amor de Rute 1) Dedicação, 2) Devoção, 3) Determinação.

OBJETIVOS: Cada um deve ser capaz de contar a história de Rute e entender o que significa ser dedicado, devoto e determinado.

OBJETIVO: Exemplificar o conceito de amor em ação.

INTRODUÇÃO:

1. Leia: Rute 1:15-18

2. Sobre o Texto:

1) O livro de Rute começa com a história de Elimeleque, Noemi e seus filhos deixando Belém e indo para Moabe em busca de comida.

2) Enquanto lá, os filhos se casam e Noemi ganha duas noras, Rute e Orfa.

3) Não sabemos a idade de Rute, mas sabemos que as mulheres se casavam jovens naquela época (início da adolescência).

4) Em um período aproximado de 10 anos em que estiveram lá, Noemi perde seu esposo e seus filhos para a morte.

5) Quando Noemi descobre que Israel tem pão novamente, ela volta para Belém.

6) Noemi suplica às noras que voltem para suas pessoas, mas Rute não vai.

7) Rute provavelmente tinha seus vinte anos quando seu marido morreu e ela tomou a decisão de ficar com Noemi.

3. O livro de Rute é uma história de amor.

1) Conta a história de uma jovem que abriu mão de seu povo, religião e até de sua própria vida para cuidar de outra pessoa.

2) Em troca, ela acabou sendo quem recebeu cuidado.

3) O nome Rute significa amizade.

4. Referência a S, T, P, O e A.

DISCUSSÃO: Vemos no amor de Rute …

I.   LIÇÕES DE RUTE – DEDICAÇÃO

1. Rute se dedicou a Noemi – Leia Rute 1:6-18

1) Ela fez uma escolha.

a. Orfa voltou para o seu povo.

b. Rute escolheu ir com Noemi.

2) Ela não procurou ganho pessoal em sua escolha.

a. Noemi não tinha mais filhos para que ela se casasse.

b. Pelo que Rute sabia, ela estava voltando para Israel para morrer viúva.

3) Ela abriu mão de seus confortos pessoais por essa escolha.

a. Ela abandonou os deuses de seu povo.

b. Rute escolheu fazer do Deus de Noemi seu Deus.

2. Nosso amor hoje mostra verdadeira dedicação?

1) Reconhecemos a escolha que fizemos de seguir a Deus?

a. Lucas 9:62 – Somente aptos para seguir se tivermos nos comprometido totalmente.

b. Heb. 10:38 – Deus não se agrada daqueles que “recuam”.

c. Rute fez uma escolha duradoura com consequências reais.

2) Seguimos a Deus meramente na perspectiva de buscar ganho pessoal?

a. Alguns seguem a Deus para fazer suas famílias felizes (Mãe, Pai, Marido, Esposa, etc.)

b. Alguns seguem a Deus porque a sociedade espera isso deles (políticos, etc.)

c. 1 Tim. 6:5 condena aqueles que pensam que a piedade é um meio de ganho pessoal.

d. Rute não esperava favores de Noemi em troca.

3) Estamos dispostos a abrir mão de nossos confortos pessoais para fazer a vontade de Deus?

a. Muitos só falam em servir a Deus, mas não fazem sacrifícios reais.

b. Estes proclamam amor a Deus até que isso os incomode.

c. Pelo contrário, deveríamos ter a atitude de Paulo: Filipenses 3:7-8

d. Rute abriu mão dessas coisas.

3. O amor de Rute nos mostra verdadeira dedicação.

II.  LIÇÕES DE RUTE – DEVOÇÃO

1. Rute se dedicou a Noemi – Leia Rute 2:11, 12

1) Ela trabalhou para alimentar Noemi.

a. Ela foi aos campos, colheu o trigo e o debulhou.

b. O texto diz que ela voltou para casa com um efa de cevada – 5 galões.

c. Para uma pessoa conseguir tanta “farinha” em um dia é um trabalho árduo.

2) Ela cuidava da indefesa Noemi em sua velhice.

a. Não sabemos a idade de Noemi.

b. Ela era velha o suficiente para ter dois filhos adultos que eram casados há 10 anos.

c. Ela era velha o suficiente para precisar de apoio de outros.

3) Ela até estava disposta a casar com um virtual estranho para alcançar esse objetivo.

a. Essa devoção demonstra grande confiança nos outros.

b. Essa devoção demonstra verdadeiro sacrifício próprio.

2. Nosso amor hoje mostra verdadeira devoção?

1) Entendemos o valor do trabalho por aqueles que amamos?

a. 1 Timóteo 5:8 – pior do que um infiel.

b. Efésios 4:28 – trabalhar para dar aos necessitados.

2) Entendemos nossa necessidade de cuidar dos indefesos?

a. Tiago 1:27 – Religião pura.

b. Mateus 25:33 e seguintes – Os salvos cuidaram dos indefesos.

3) Estaríamos dispostos a sacrificar nossa vida por outro?

a. Ou seja, não morrer, mas abrir mão de nossa vida para servir a outra pessoa?

b. Mateus 16:24-26 – Perder sua vida.

3. O amor de Rute nos mostra verdadeira devoção.

III. LIÇÕES DE RUTE – DETERMINAÇÃO

1. Rute determinou-se …

1) A ir com Noemi. Leia Rute 1:18

2) A trabalhar por Noemi. Rute 2:2

a. Era um tempo hostil para mulheres solteiras.

b. Homens muitas vezes se aproveitavam de mulheres na situação de Rute.

c. Seria “compreensível” se ela não quisesse ir trabalhar.

d. Mas ela foi.

3) A casar com Boaz para sustentar Noemi – Rute 3:5

a. A lei de Israel tinha uma provisão para o casamento se não houvesse filho homem na família.

b. Era a lei do parente mais próximo.

c. Isso implicava casamento.

d. Então Rute seguiu os costumes da época para iniciar o cortejo com Boaz sob essa lei.

e. Quantas de vocês meninas deixariam suas mães escolherem seus maridos?

4) Nada poderia impedi-la dessas tarefas.

2. Nosso amor hoje mostra verdadeira determinação?

1) Estamos determinados a “ir” quando o Senhor nos diz para ir?

a. Marcos 16:15-16 – ir por todo o mundo

b. Lucas 14:21 e seguintes – estradas e atalhos

2) Trabalhamos quando o Senhor nos diz para trabalhar?

a. João 9:4 – a noite está chegando

b. Gálatas 6:10 – conforme temos oportunidade

3) Há algo que possa nos impedir de fazer a vontade de Deus hoje?

a. Nada externo pode – Romanos 8:31 e seguintes

b. Nós somos os únicos que podem nos impedir.

c. Como se diz, “Vi o inimigo e o inimigo somos nós mesmos.”

3. O amor de Rute mostrou verdadeira determinação.

CONCLUSÃO:

1. O amor de Rute mostrou verdadeira …

1) Dedicação

2) Devoção

3) Determinação

2. Convite