Levítico 6 – Falou Mais o Senhor, Justiça Restaurativa, Fogo Sobre o Altar –

LEVÍTICO 6 – FALOU MAIS O SENHOR, JUSTIÇA RESTAURATIVA, FOGO SOBRE O ALTAR 

  • Levítico 6 – Falou mais o Senhor, Justiça Restaurativa, Fogo Sobre o Altar” é o SEXTO estudo desta série que visa (re)aproximar o povo de Deus deste livro bíblico que tem sido (lamentavelmente) ignorado por muitos cristãos e líderes religiosos. Contudo, ele é tão inspirado quanto Gênesis e Êxodo, tão atual como Mateus e Apocalipse, pois a Palavra de Deus nunca caduca, perde a validade ou desvaloriza.
  • “Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redarguir, para corrigir, para instruir em justiça; para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra.” – 2 Timóteo 3:16,17
  • “Em toda a Bíblia, não há outro livro como Levítico, com tantas palavras proferidas pelo próprio Deus”. (Andrew Bonar)
  • A Bíblia toda foi escrita por homens inspirados por Deus, com exceção dos Dez Mandamentos, que Deus mesmo escreveu. Em contrapartida, em Levítico, Deus “é o orador direto em quase todas as páginas, e Suas palavras foram registradas exatamente como as pronunciou. Este fato não nos deixa outra escolha, a não ser estudar Levítico com todo interesse e atenção” (Bonar).

Assim como de costume, listo a seguir algumas das LIÇÕES espirituais que podemos tirar do Capítulo 6 de Levítico:

  • FALOU MAIS O SENHOR
  • JUSTIÇA RESTAURATIVA
  • FOGO SOBRE O ALTAR
1ª LIÇÃO: FALOU MAIS O SENHOR

“Falou mais o Senhor a Moisés, dizendo:… ” – Levítico 6.1, 6.8, 6.19 e 6.24

Por 4 vezes encontramos esta frase neste capítulo bíblico, o que nos sugere:
– Uma revelação progressiva da vontade de Deus.
– Uma paciência enorme para o ensino paulatino (ensinamento feito devagar).
– Um amor sem medida, que deseja o bem da pessoa amada. 

Definitivamente, assim é o nosso Deus, Único e Verdadeiro, que se revelou progressivamente na história do seu povo e, também, na nossa história individual. Ele nos aperfeiçoa na caminhada e nos faz abandonar certos conceitos e ideias equivocadas que tínhamos no início da carreira cristã, tais como, por exemplo se escandalizar e brigar por qualquer coisa.

O apóstolo Paulo se indignava com crentes que nunca progrediam na fé: “E eu, irmãos, não vos pude falar como a espirituais, mas como a carnais, como a meninos em Cristo. Com leite vos criei, e não com carne, porque ainda não podíeis, nem tampouco ainda agora podeis, porque ainda sois carnais; pois, havendo entre vós inveja, contendas e dissensões, não sois porventura carnais, e não andais segundo os homens?” – 1 Coríntios 3:1-3

Todas as vezes que o Senhor falar conosco, ouçamos a Sua voz: “E outra caiu em boa terra, e, nascida, produziu fruto, a cento por um. Dizendo ele estas coisas, clamava: Quem tem ouvidos para ouvir, ouça.” – Lucas 8:8

2ª LIÇÃO: JUSTIÇA RESTAURATIVA

“Quando alguma pessoa pecar, e transgredir contra o Senhor, e negar ao seu próximo o que lhe deu em guarda, ou o que deixou na sua mão, ou o roubo, ou o que reteve violentamente ao seu próximo, ou que achou o perdido, e o negar com falso juramento, ou fizer alguma outra coisa de todas em que o homem costuma pecar; será pois que, como pecou e tornou-se culpado, restituirá o que roubou, ou o que reteve violentamente, ou o depósito que lhe foi dado em guarda, ou o perdido que achou, ou tudo aquilo sobre que jurou falsamente; e o restituirá no seu todo, e ainda sobre isso acrescentará o quinto; àquele de quem é o dará no dia de sua expiação.” Levítico 6:1-7

A Bíblia é fantástica, quanto mais a estudamos, mais conscientes ficamos da sua relevância eterna, como é o caso da Justiça Restaurativa, que somente agora a sociedade pensa colocar em prática.

A justiça comum é baseada na punição: quando um infrator infringe a lei, a justiça exige que sofra em troca e que a resposta a um crime seja proporcional à ofensa. No que diz respeito aos efeitos para a vítima, frise-se que na justiça comum há pouquíssima ou nenhuma consideração, ocupando lugar periférico e alienado no processo; na JUSTIÇA RESTAURATIVA, ao revés, a vítima ocupa lugar de destaque, com voz ativa e controle sobre o que passa. (Wikipédia)

3ª LIÇÃO: FOGO SOBRE O ALTAR

“Dá ordem a Arão e a seus filhos, dizendo: Esta é a lei do holocausto; o holocausto será queimado sobre o altar toda a noite até pela manhã, e o fogo do altar arderá nele. E o sacerdote vestirá a sua veste de linho, e vestirá as calças de linho, sobre a sua carne, e levantará a cinza, quando o fogo houver consumido o holocausto sobre o altar, e a porá junto ao altar. Depois despirá as suas vestes, e vestirá outras vestes; e levará a cinza fora do arraial para um lugar limpo. O fogo que está sobre o altar arderá nele, não se apagará; mas o sacerdote acenderá lenha nele cada manhã, e sobre ele porá em ordem o holocausto e sobre ele queimará a gordura das ofertas pacíficas. O FOGO ARDERÁ CONTINUAMENTE SOBRE O ALTAR, NÃO SE APAGARÁ.” – Levítico 6:8-13

Esta ordem divina se tornou um ideal espiritual para todos nós. Devemos manter a chama acesa. A chama da oração, do estudo da palavra, da comunhão com Deus e com os irmãos, do evangelismo e do testemunho pessoal. SEM LENHA O FOGO SE APAGA.

A chama do primeiro amor: “Contra você, porém, tenho isto: você abandonou o seu primeiro amor. Lembre-se de onde caiu! Arrependa-se e pratique as obras que praticava no princípio. Se não se arrepender, virei a você e tirarei o seu candelabro do lugar dele.” – Apocalipse 2:4-5

CONCLUSÃO

Algumas das LIÇÕES espirituais que podemos tirar deste capítulo são:

  • FALOU MAIS O SENHOR
  • JUSTIÇA RESTAURATIVA
  • FOGO SOBRE O ALTAR

 

Título: Levítico 6 – Falou mais o Senhor, Justiça Restaurativa, Fogo Sobre o Altar
Bibliografia: Bridgeway Bible Commentary; de Fleming, D.
Autor: Pr Ronaldo Franco
Data: 07/09/2022

Deixe seu comentário logo abaixo.

Veja também nossos demais esboços: Esboços


O Site do Pastor está no ar desde 30/09/2003 disponibilizando mensagens, esboços de sermão, ilustrações, estudos bíblicos. Bem como reflexões teológicas, correções de interpretações bíblicas populares, cursos bíblicos. Do mesmo modo, material para discipulado, cursos de pregação básico e avançado. Assim como Bíblia online, clip-art evangélico, dicionário bíblico online, ditados populares, amplo material para curso básico de violão, coletânea de frases inspiradoras, indicação de sites confiáveis. Ainda mais uma infinidade de ferramentas para os pregadores da Palavra de Deus e para o Seu povo.  Por exemplo, em seu conteúdo — totalmente categorizado — você irá encontrar:

Temas Gerais, tais como: Ânimo, Atrevimento, Auto Estima, Código da Bíblia, Código da Vinci, Compaixão, Companheirismo, Conformismo, Desprendimento, Egoismo, Empatia, Ganância, Gratidão, Histórias, Inveja, Mansidão, Murmuração, Quebra de Maldição, Vingança, etc.

Igualmente, Temas Teológicos, tais como: Adoração, Batalha Espiritual, Boas-obras, Consagração, Crescimento espiritual, Crucificação, Cruz de Cristo, Cura divina, Devocional, Discipulado, Dons espirituais.

Por exemplo, temas como Imposição de Mãos, Ilustrações evangélicas, Intercessão, Juízo Final, Livramento, Medo, Oração, interpretação da Palavra de Deus. Revelação, Sabedoria, Salvação, Santa Ceia do Senhor, Santificação, Soberania de Deus, Temor de Deus, Tribulação, Trindade, Unção do Espírito Santo, etc. Temas Ministeriais, tais como: Apologia, Autoridade ministerial, Avivadores, Avivalistas e Avivamentos, Capacitação, Defesa da Fé, Didática cristã, Evangelismo. Bem como Temas para jovens, Homilética e Hermenêutica, Pregação Bíblica, Pregação Expositiva, Pregação Temática, como realizar uma cerimônia de casamento evangélica, etc. Nesse sentido, lembre-se que uma vez cadastrado, você poderá também fazer comentários em qualquer na grande maioria das nossas publicações. Aproveite. Marque sua presença.

Enfim, ajude-nos nesta obra, orando por nós.

Em Cristo Jesus
Equipe Site do Pastor

Antes de mais nada, Senhor, fazei de mim um instrumento de vossa paz.
Acima de tudo, onde houver ódio, que eu leve o amor.

Por outro lado, onde houver discórdia, que eu leve a união.
Em síntese, onde houver dúvidas, que eu leve a fé.
Onde houver erros, que eu leve a verdade.

Assim como, onde houver ofensa, que eu leve o perdão.
Contudo, se houver desespero, que eu leve a esperança.

Igualmente, se houver tristeza, que eu leve a alegria.

Fonte: Site do Pastor