Diagnosticando e Tratando os Sintomas Espirituais do Seu Coração

Categorias: Esboços de Sermões, Esboços de Sermões Temáticos Tags: Lições da Bíblia sobre Espiritualidade, Esboços de Sermões sobre o Coração, Sermões sobre o Coração

INTRODUÇÃO

A. O coração espiritual é amplamente mal compreendido nos dias de hoje e nosso principal problema com relação a ser sólido e fiel tem a ver com problemas do coração.

1. Muitos estão morrendo espiritualmente todos os dias por causa de doenças morais do coração.

2. No entanto, grandes avanços foram feitos no entendimento dos distúrbios do coração físico

3. Enquanto grandes avanços nos levaram a um ponto em que a cirurgia de bypass tem o mesmo risco que uma apendicectomia, o centro moral do ser humano foi envolto em mito e ficção.

B. O coração espiritual, assim como o coração físico, é composto por quatro câmaras.

1. Todas as quatro câmaras têm uma função distinta e cada uma deve ser mantida em bom funcionamento para garantir um coração saudável.

2. Seu coração físico tem quatro câmaras. As duas superiores são chamadas de “átrios” – as duas inferiores são chamadas de “ventrículos”

3. As quatro câmaras do coração espiritual são:

a. A Câmara Digestiva

b. A Câmara de Combustão

c. A Câmara Judicial

d. A Câmara Executiva

C. Vamos agora começar um estudo das quatro câmaras do coração moral, e observe que, quando mantemos essas em bom funcionamento, seremos o tipo de cristão que Deus quer que sejamos.

DISCUSSÃO:

A. O INTELECTO É A CÂMARA DIGESTIVA DO CORAÇÃO ESPIRITUAL

1. Esta câmara capacita o homem para três atividades:

a. Conhecer

b. Pensar

c. Entender

2. Sua função para o homem moral é intimamente ligada à dos órgãos digestivos do homem físico

a. Não é apenas um receptáculo, mas uma instalação para conhecimento, assim como o estômago não é apenas um silo, mas uma refinaria para alimentos.

b. O intelecto coleta e armazena (conhecer), mastiga e digere (pensar), e depois distribui e assimila (entender) as informações e experiências reunidas pelos cinco sentidos.

3. A fé é um ato do intelecto, não um ato da emoção

a. Paulo disse “Com o coração se crê para a justiça…”(Romanos 10:10)

b. Paulo está falando do intelecto porque a fé é uma persuasão intelectual baseada no conhecimento, pensamento e entendimento das evidências sobre Deus

c. Romanos 10:17

4. Existem três regras para o cuidado do intelecto que correspondem às três faculdades dadas por Deus que ele possui:

a. Dieta adequada

b. Exercício adequado

c. Vestimenta adequada

5. A dieta adequada para o intelecto é a “verdade”

a. João 8:32

b. João 14:6

6. O exercício adequado para o intelecto é o “estudo e meditação” da verdade

a. 1 Timóteo 4:13

b. 2 Timóteo 2:15

7. A única maneira de vestir o intelecto e protegê-lo dos perigos de elementos como falsidades e mitos é “aplicar a verdade a si mesmo”

B. A EMOÇÃO É A CÂMARA DE COMBUSTÃO DO CORAÇÃO ESPIRITUAL

1. Como o próprio nome sugere, é a parte do coração que move o homem.

a. As emoções são alimentadas pelo intelecto

b. As informações e experiências reunidas pelos cinco sentidos e digeridas pelo intelecto alimentam e acendem reações dentro da câmara de emoção.

c. Essas reações, ou emoções, então provocam uma mudança química no corpo que “liga” um homem para a ação – fugir, lutar, chorar, se alegrar, amar.

d. As mudanças fisiológicas que acompanham as emoções são tão intensas que os antigos identificaram o assento das emoções no ventre e nas paixões.

1) Ouça Pedro … 1 Pedro 1:13

2) Este trecho indica que a reação emocional pode e deve ser controlada, preparando um homem para correr na direção certa

2. Um homem controla suas emoções dirigindo seu intelecto

a. Ele desliga seus queimadores emocionais ao virar a cabeça ou a atenção e ao refinar a mistura de informações e experiências que alimentam sua emoção

b. Um homem controla suas emoções ponderando coisas saudáveis … Filipenses 4:8

c. Mansidão ou gentileza são principalmente a virtude de dominar as emoções

1) Um homem como Esaú, que é escravo de suas paixões, venderá sua herança por um prato de lentilhas

2) Se nunca dominarmos a nós mesmos, sempre seremos escravos de outra pessoa

3) Os mansos, por outro lado, herdarão a terra (Mateus 5:5)

C. A CONSCIÊNCIA É A CÂMARA JUDICIAL DO CORAÇÃO MORAL

1. A consciência é o aparelho que julga as ações de um homem e, por esse motivo, é descrita como a Câmara Judicial do coração.

a. Como juiz da condição moral de um homem, ela está constantemente vigiando, entregando seu veredicto sobre ações passadas, presentes e até futuras.

b. Ela elogia ou condena ações passadas, acusa ou desculpa o comportamento presente, e aprova ou desaprova a atividade planejada … Romanos 2:15

2. A consciência é propriamente uma câmara judicial e não legislativa

a. A consciência não faz leis, apenas as aplica

b. A consciência deve ser devidamente informada sobre certo e errado, verdade e falsidade, bem e mal, pecado e justiça, vício e virtude

c. A consciência é boa em julgar e policiar a ação, mas é tão confiável quanto o padrão que lhe foi ensinado.

3. A consciência é bastante vulnerável a três tipos de ferimentos:

a. Uma consciência desinformada ou mal informada, assim como um júri ignorante ou um cachorro dorminhoco, deixa o transgressor ir livre, de modo que Paulo disse quando perseguia a igreja … Atos 26:9

b. Se regularmente desconsiderada e pisoteada, como pés descalços, a consciência fica calosa após suas bolhas cicatrizarem e se torna entorpecida e insensível … Efésios 4:19

c. Se a verdade é amiga da consciência, então a mentira é sua pior inimiga, assim como uma falsa testemunha é inimiga de uma sala de tribunal. Por esse motivo, a consciência de mentirosos e hipócritas é dita estar cauterizada … 1 Timóteo 4:2

D. A VONTADE É A CÂMARA EXECUTIVA DO CORAÇÃO ESPIRITUAL

1. O homem é dotado do poder de escolha, e a vontade é o assento dessa faculdade.

a. As outras câmaras do coração moral estão sujeitas à vontade

b. O intelecto capacita a vontade a tomar decisões informadas, mas a atenção do intelecto é virada pela vontade

c. Um homem decide com o que encher seu intelecto, assim como faz com o estômago, por um padrão de escolhas ele desenvolve hábitos de pensamento e, depois de entender uma verdade, decide o que fazer com ela.

d. Enquanto a vontade deve impulsionar o intelecto, deve também conter a emoção

1) As emoções puxam a vontade como um cavalo puxando as rédeas, mas a vontade está na sela e doma os
corações (ou emoção) ao virar a cabeça (ou intelecto) para cá e para lá

2) Na verdade, às vezes dizemos aos impacientes: “Segure seus cavalos!”

2. A consciência faz lobby na câmara executiva da vontade para agir de acordo com a justiça.

a. A vontade decide se deve ou não atender aos apelos da consciência.

b. Além disso, por um ato de vontade, o homem aplica o intelecto ao treinamento de sua consciência, escolhendo assim seus conselheiros, assim como um presidente escolhe seu gabinete.

c. Ele pode enchê-lo de lisonjeiros que o aplaudem sempre ou preenchê-lo com sábios conselheiros que o censuram quando necessário

CONCLUSÃO:

A. O coração físico é uma maravilha, mas o coração espiritual é ainda mais.

B. Veja como é feito, aprenda como funciona, conheça os fatores de risco e entenda como cuidar do seu coração moral – mantenha-o saudável.

C. Convite

*Revisado e editado a partir de um artigo de Jason Moore