A Verdade Vos Libertará

Texto: João
8:25-36

Introdução:

A. Muitas vezes, o versículo 32 é citado e, se não for
cuidadoso, pode se tornar um pretexto em vez de um texto. Os versículos 25-31
estabelecem os critérios para conhecer a verdade e ser libertado.

B. O contexto:

1. No versículo 25, os judeus perguntaram: “Quem és tu?”

2. Nos versículos 25-29, o Senhor disse a eles que já havia
dito quem Ele era.

3. No versículo 30, muitos creram em Cristo. Esses judeus
agora eram judeus salvos.

4. No versículo 31, Jesus falou a esses crentes dizendo que,
se eles permanecessem em Sua palavra, seriam Seus discípulos.

5. O contexto nos diz que alguns não crerão em Cristo, mas
aqueles que creram deviam permanecer na Palavra de Deus como discípulos
(seguidores ou aprendizes).

C. A Verdade sobre a
Verdade. Existem dois tipos de verdade: a verdade temporal e a verdade eterna.

1. A Verdade Temporal é algo que é verdadeiro no momento,
mas mudará e não será verdadeiro mais tarde. Exemplo: “Estou em Valadares” é
verdade se estou em Valadares, mas posso estar em Ipatinga mais tarde, o que
muda essa verdade.

2. A Verdade Eterna é algo que é verdadeiro neste momento e
sempre permanecerá constante e imutável.

D. Existem três
“Verdades” eternas encontradas em nosso texto:

1. Deus Pai é a Verdade: João 8:26 “Muitas coisas tenho que dizer e julgar acerca de vós; mas aquele que
me enviou é verdadeiro; e o que dele ouvi, isso falo ao mundo”

2 Coríntios 1:18 “Antes,
como Deus é fiel, a nossa palavra a vós não é sim e não”

2. Deus Filho é a Verdade: João 8:34-36 “Replicou-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que todo aquele
que comete pecado é escravo do pecado. 35 Ora, o escravo não fica para
sempre na casa; o filho fica para sempre. 36 Se, pois, o Filho vos
libertar, verdadeiramente sereis livres”

João 14:6 “Respondeu-lhe
Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por
mim”

3. A Palavra de Deus é a Verdade: João 8:31-32 “Dizia, pois, Jesus aos judeus que nele
creram: Se vós permanecerdes na minha palavra, verdadeiramente sois meus
discípulos; 32 e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”

2 Timóteo 2:15 “Procura
apresentar-te diante de Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se
envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade”

E. Responsabilidade
na Verdade.
Se algo é verdadeiro ou verdade, então há duas escolhas a serem
feitas.

1. Você tem o direito de rejeitar ou desacreditar a verdade.
Muitos desses judeus fizeram isso, mas sua incredulidade não mudou a verdade!

2. Você tem o direito de aceitar ou acreditar na verdade.
Muitos desses judeus o fizeram, mas sua crença na verdade também não mudou a
verdade.

3. A verdade é verdade, quer você acredite ou não! É a
Verdade que o libertará. Há um velho ditado: “A Bíblia é verdadeira e eu
acredito nela”. Esse é um grande ditado, mas a Bíblia ainda é verdadeira, quer
você acredite ou não!

F. O fator libertador
da verdade também é encontrado aqui de duas maneiras.

1. Verdade na Salvação. “Dizendo
ele estas palavras, muitos creram nele”.
A salvação é o começo da
liberdade, pois aqueles que aceitaram o Messias foram para sempre libertados da
penalidade do pecado. Aqueles que rejeitaram seu Messias foram condenados a uma
eternidade no inferno.

Romanos 8:2 “Porque a
lei do Espírito da vida, em Cristo Jesus, te livrou da lei do pecado e da morte”

João 8:36 “Se, pois, o
Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres”

2. Verdade em Serviço. “Se
permanecerdes na minha palavra, verdadeiramente sois meus discípulos”.

Aqueles que permanecem fielmente na Palavra de Deus são libertos do poder do
pecado.

Fidelidade e desejo de servir ao Senhor é o segundo passo para a
liberdade.

G. A Verdade da
Palavra de Deus nos liberta da:

1. Escravidão do Medo – Hebreus 2:15 “e livrasse todos aqueles que, com medo da morte, estavam por toda a
vida sujeitos à escravidão”

2. Escravidão do Pecado – 2 Pedro 2:19 “prometendo-lhes liberdade, quando eles mesmos são escravos da
corrupção; porque de quem um homem é vencido, do mesmo é feito escravo”

3. Escravidão da Lei – Gálatas 5:1-4 “Para a liberdade Cristo nos libertou; permanecei, pois, firmes e não
vos dobreis novamente a um jogo de escravidão. 2 Eis que eu, Paulo, vos
digo que, se vos deixardes circuncidar, Cristo de nada vos aproveitará. 3
E de novo testifico a todo homem que se deixa circuncidar, que está obrigado a
guardar toda a lei. 4 Separados estais de Cristo, vós os que vos
justificais pela lei; da graça decaístes”

4. Escravidão da Confusão – Lucas 21:25-26 “E haverá sinais no sol, na lua e nas estrelas; e sobre a terra haverá
angústia das nações em perplexidade pelo bramido do mar e das ondas. Os homens
desfalecerão de terror, e pela expectação das coisas que sobrevirão ao mundo;
porquanto os poderes do céu serão abalados”

5. Escravidão da Dúvida – 1 João 5:13 “Estas coisas vos escrevo, a vós que credes no nome do Filho de Deus,
para que saibais que tendes a vida eterna”

Fonte: Esboçosermão