A FÉ DE ABRAÃO

Gênesis 15:6

INTRODUÇÃO
  1. Um dos maiores homens da história deve ser o patriarca Abraão…
    1. Três religiões o consideram como seu progenitor espiritual
      (Judaísmo, Cristianismo, Islã)
    2. Cristãos o veem como “o pai de todos os que creem” – Rm 4:11
  2. O que mais se destaca em Abraão é a sua fé…
    1. Paulo fez referência à sua fé repetidamente – Rm 4:3,9,11,
      16-22; Gl 3:7-9
    2. Tiago usou seu exemplo para ilustrar a fé salvadora – Tg 2:21-23
  3. Tanto Paulo quanto Tiago fazem referência à seguinte declaração do AT
    sobre a fé de Abraão:

    “E creu ele no Senhor, e imputou-lhe isto por
    justiça.” (Gn 15:6; cf. Rm 4:3; Tg 2:23)

[O que foi que agradou tanto a Deus na fé de Abraão? Temos o mesmo tipo de
fé? Vamos dar uma olhada mais de perto em “A Fé de Abraão”…]

    1. A FÉ DE ABRAÃO ERA BASEADA EM REVELAÇÃO
      1. DEUS SE REVELOU A ABRAÃO…
        1. Em Ur dos Caldeus – At 7:2-4; Gn 15:7
        2. Em Harã da Mesopotâmia – Gn 12:1-4
        3. Em Siquém em Canaã – Gn 12:6-7
        4. Depois que Ló se mudou para Sodoma – Gn 13:14-17
        5. E muitas outras vezes – cf. Gn 15:1-17; 17:1-27; 18:1-33;
          22:1-19

— Ao se revelar a Abraão, Deus forneceu a Abraão amplas
evidências para que ele colocasse sua fé e confiança em Deus

      1. NOSSA FÉ DEVE SER BASEADA EM REVELAÇÃO…
        1. Não que Deus se revele a nós como fez a Abraão
        2. Mas a fé vem através da Palavra de Deus – cf. Rm 10:17
          1. Contém evidências para que possamos crer – Jo 20:30-31
          2. Quanto mais lemos, mais Deus se revela a nós, especialmente
            na pessoa de Seu Filho Jesus Cristo!

— Se desejamos ter “A Fé de Abraão”, devemos estar receptivos à
revelação de Deus sobre Si mesmo através de Sua Palavra!

[Em seguida, é importante notar que…]

    1. A FÉ DE ABRAÃO ERA UMA FÉ OBEDIENTE
      1. PELA FÉ, ABRAÃO OBEDECEU A DEUS…
        1. Ele deixou sua terra natal – Hb 11:8
        2. Peregrinou em uma terra estrangeira – Hb 11:9-10
        3. Ofereceu seu filho Isaque – Hb 11:17; cf. Tg 2:21-24

— A fé de Abraão não era uma fé morta (cf. Tg 2:20,26), mas uma
fé dinâmica que se expressava em obediência!

      1. PELA FÉ, DEVEMOS OBEDECER A DEUS…
        1. Pois o evangelho chama para “obediência da fé” – cf. Rm 1:5;
          16:25-26
        2. Devemos “obedecer de coração” à doutrina de Cristo – cf. Rm
          6:17
        3. ai daqueles que não “obedecem ao evangelho” – cf. 2Ts 1:7-9;
          1Pe 4:17

— Se desejamos ter “A Fé de Abraão”, devemos ter uma fé que “opera
pelo amor” (cf. Gl 5:6)

[Embora as obras sejam um elemento essencial de uma fé salvadora, é
crucial notar que é a fé por trás das obras que agrada a Deus (e não
as obras em si)! Portanto, ressaltamos que…]

    1. A FÉ DE ABRAÃO ERA UMA FÉ CONFIANTE
      1. ABRAÃO CONFIOU EM DEUS, NÃO EM SUAS OBRAS…
        1. Volte para o nosso texto, e note o que é dito – cf. Gn 15:6
          1. Abraão creu no Senhor
          2. “Isso” (sua fé) foi considerado como justiça
          3. Foi a fé de Abraão em Deus que muito agradou a Deus
        2. Paulo enfatiza este ponto em sua epístola aos Romanos – cf. Rm
          4:1-3

          1. Abraão não foi justificado por causa de suas obras
          2. Abraão foi justificado (declarado sem culpa) por causa de sua
            fé!

— Embora ele tivesse uma fé que funciona, ele não confiou em suas
obras; mas sim em Deus que justifica os ímpios (cf. Rm 4:5-8)

      1. DEVEMOS CONFIAR EM JESUS, NÃO EM NOSSAS OBRAS…
        1. Como mencionado anteriormente, devemos obedecer a Deus, o que
          envolve certas “obras”

          1. Como a fé, que é uma “obra” – cf. Jo 6:28,29
          2. Até mesmo o batismo, que é mais uma obra de Deus do que uma obra
            do homem – Cl 2:12-13
        2. Mas quando tudo está feito, não devemos colocar nossa confiança
          em nossa obediência

          1. Como se de alguma forma tivéssemos ganho a nossa salvação
          2. Pois Cristo nos ensinou a perceber que ainda somos indignos –
            cf. Lc 17:10

— É a fé ou confiança em Jesus que nos impulsiona a obedecer que
agrada a Deus, não algum valor meritório do trabalho realizado para
receber a graça de Deus!

[Assim, “A Fé de Abraão” era uma fé obediente que colocava sua confiança
em Deus que justifica os ímpios. Para ser “os filhos de Abraão”, devemos
ter o mesmo tipo de fé. Finalmente, observe que…]

    1. A FÉ DE ABRAÃO ERA UMA FÉ CRESCENTE
      1. ABRAÃO CRESCIA NA FÉ…
        1. Houve momentos em que sua fé era fraca
          1. Ele fez com que Sara, sua esposa, contasse meias verdades para
            salvar sua vida – Gn 12:11-20; 20:1-18
          2. Ele questionou a Deus quando ele e Sara não tinham filhos
            Gn 15:2-3
          3. Ele mostrou fé fraca no caso de Hagar – Gn 16:1-4
          4. Ele ofereceu uma alternativa a Deus quando pensou que seria
            impossível para ele e Sara terem filhos – Gn 17:17-18
        2. Mas Deus foi paciente com Abraão, e sua fé cresceu
          1. Ele teve fé, mesmo contra a esperança, e foi capaz de conceber
            Rm 4:18-22
          2. Ele teve fé de que Deus poderia ressuscitar Isaque dos mortos, e
            assim estava disposto a oferecê-lo conforme ordenado – Hb
            11:17-19

— “A Fé de Abraão” não era uma fé estática, mas uma fé sempre
crescente que veio por ser “amigo de Deus” (cf. Tg 2:23)

      1. DEVEMOS CRESCER NA FÉ…
        1. Assim como os apóstolos de Cristo fizeram…
          1. De homens com pouca fé e facilmente assustados – Mt 8:25-26;
            14:31
          2. Para homens de grande ousadia – At 4:13
        2. Como os Tessalonicenses – 2Ts 1:3
          1. A fé deles crescia extremamente
          2. Nossa fé precisa crescer da mesma forma

— Nossa fé crescerá, se estivermos dispostos a “andar nos passos da fé
que teve nosso pai Abraão” (cf. Rm 4:12)

CONCLUSÃO
  1. Vimos que “A Fé de Abraão” era…
    1. Baseada em revelação
    2. Uma fé obediente
    3. Uma fé confiante
    4. Uma fé crescente
  2. Por que precisamos desse mesmo tipo de fé…?
    1. Porque “os que são da fé são filhos de Abraão” – Gl 3:7
    2. Porque “os que são da fé são abençoados com o crente Abraão” – Gl
      3:9

De fato, aqueles que têm “A Fé de Abraão” são verdadeiramente os
beneficiários da promessa feita a Abraão:

“Em tua descendência serão benditas todas as nações da
terra, porquanto obedeceste à minha voz.” (Gn 18:18)

Estamos seguindo os passos da fé de Abraão, obedecendo à Palavra de
Deus dada hoje através do evangelho de Cristo, assim como ele obedeceu à
palavra dada a ele?