7 Lições Poderosas da Queda das Muralhas de Jericó

A história de Josué liderando os israelitas para derrubar as muralhas de Jericó é um relato poderoso que demonstra a fidelidade e a força do Senhor. Esta narrativa faz parte do cumprimento da promessa maior que Deus fez aos israelitas de que eles de fato entrariam na Terra Prometida.

Antes de morrer, Moisés declarou que Josué seria seu sucessor e lideraria os israelitas para a Terra Prometida. Ao atravessar o Jordão, Jericó é a primeira cidade que os israelitas conquistam com Josué como líder. Este antigo relato bíblico tem relevância para os crentes hoje. Aqui estão sete lições significativas da história das muralhas de Jericó para os crentes nos dias de hoje.

### O que são as muralhas de Jericó?

O relato das muralhas de Jericó caindo está no Livro de Josué, um dos livros históricos do Antigo Testamento. É nomeado após Josué, o digno sucessor de Moisés, que liderou os israelitas. Este livro contém conquistas cheias de ação dos israelitas derrotando as cidades cananeias e obtendo a Terra Prometida. Também fala da obediência e fidelidade dos israelitas, e sua desfrutando da Terra Prometida. O Livro de Josué termina com o discurso de despedida de Josué como um homem idoso próximo de sua morte.

Jericó era a cidade-gateway para Canaã que os israelitas chegaram ao entrar na Terra Prometida. A cidade de Jericó era cercada por muralhas para que ninguém pudesse entrar, e as muralhas serviam como proteção sólida contra ataques. Os portões estavam trancados para manter os israelitas fora. Este momento é incrivelmente importante porque os israelitas finalmente entraram na terra prometida por Deus e conseguiram conquistar com sucesso a primeira cidade em sua jornada. As muralhas caídas de Jericó se tornaram uma confirmação chave de que Deus estava cumprindo Sua promessa a eles, e que Deus estaria com eles ao tomarem posse da Terra Prometida.

### Como as muralhas de Jericó caíram?

Deus deu a Josué instruções muito específicas sobre o que fazer para fazer as muralhas de Jericó colapsarem, para que os israelitas derrotassem Jericó e reivindicassem a cidade.

“No sétimo dia, marchem ao redor da cidade sete vezes, com os sacerdotes tocando as trombetas. Quando ouvirem um longo toque das trombetas, toda a tropa deve dar um grande grito; então a muralha da cidade cairá e a tropa subirá, todos diretamente” (Josué 6:4-5).

Josué reuniu o exército e os sacerdotes exatamente como Deus instruiu. Durante os primeiros seis dias, os homens armados marcharam ao redor da cidade uma vez enquanto os sacerdotes tocavam trombetas e carregavam a arca da aliança. Eles fizeram isso por seis dias. No sétimo dia, como Deus instruiu, eles marcharam ao redor da cidade sete vezes, os sacerdotes tocaram suas trombetas, e o exército deu um grande grito.

“Quando as trombetas soaram, o exército gritou, e ao som da trombeta, quando os homens deram um grande grito, a muralha caiu; então todos avançaram diretamente, e tomaram a cidade” (Josué 6:20).

Para Josué, o exército e os sacerdotes, este pode ter parecido um método muito diferente de derrubar a cidade de Jericó. No entanto, Josué liderou os israelitas a fazer o que Deus instruiu. De acordo com a promessa do Senhor, e os israelitas sendo obedientes ao que Deus instruiu, no sétimo dia as muralhas de Jericó caíram em uma vitória incrível para os israelitas pelo poder de Deus.

### 7 Lições da queda das muralhas de Jericó

1. **Siga a Deus, mesmo que a jornada pareça impossível ou inesperada.**

As muralhas de Jericó deveriam ter sido impenetráveis. O que Josué e os israelitas enfrentaram pode ter parecido impossível de superar. Mas eles seguiram a Deus mesmo assim, com total confiança e esperança em Sua promessa, e fidelidade de que Ele de fato lutaria por eles para reivindicar a terra prometida. Todos os crentes podem ter certeza de que mesmo que o caminho pareça impossível, ou não seja o que esperávamos, quando seguimos em oração os bons planos de Deus para nós, valerá a pena a cada passo do caminho. Esta história bíblica nos lembra o quão crucial é depender de Deus e colocar nossa confiança Nele, porque é quando o impossível pode acontecer.

2. **Quando ouvimos, podemos ouvir Deus falando conosco.**

Um componente radical deste relato bíblico é que Deus falou com Josué. E Josué ouviu. Porque Josué tirou tempo para ouvir a Deus e buscar Sua direção, ele ouviu claramente do Senhor quais passos tomar. Os cristãos hoje aprendem uma valiosa lição sobre a importância de fazer o espaço para ouvir de Deus. Quando paramos e tiramos tempo para ouvir – lendo a Escritura, passando tempo em oração, ficando em silêncio, adorando e escrevendo – podemos ouvir de Deus e discernir como o Espírito está guiando nossos passos.

3. **Deus é propositado, não aleatório.**

Deus não instruiu Josué e seu exército a tomar a cidade assim que chegaram. Ele tinha passos meticulosos para eles seguirem para alcançar o resultado desejado da vitória. Deus foi muito específico e proposital em como Ele orquestrou a queda das muralhas de Jericó. Se Deus é tão proposital em ajudar os israelitas a reivindicar a cidade, podemos ter confiança de que Deus também é assim em cada uma de nossas vidas. Os altos e baixos da vida podem parecer inesperados e nos pegar de surpresa, mas Deus sabe o que está por vir e fará o bem em todas as circunstâncias para aqueles que O amam (Romanos 8:28). Nossas vidas têm significado e importância porque Deus está escrevendo cada uma de nossas histórias propositalmente.

4. **O resultado pode não ser instantâneo, então continue esperando no Senhor.**

Os israelitas não receberam permissão de Deus para simplesmente atacar a cidade quando estivessem prontos. Eles tiveram que esperar sete dias. Eles marcharam, acamparam e esperaram que Deus se movesse. Talvez alguns dos homens armados tenham se perguntado enquanto marchavam ao redor das muralhas se essa era realmente a maneira de conquistar Jericó. Talvez outros pensassem que seria melhor vencer a cidade com uma estratégia militar comprovada. Podemos nos encontrar pensando pensamentos semelhantes quando se trata de esperar no Senhor. A resposta é continuar esperando no Senhor. Aqueles que esperam no Senhor renovarão suas forças (Isaías 40:31). Esperar no Senhor aprofunda nossa fé, aumenta nossa confiança Nele, e enquanto esperamos com fé, Deus certamente nos transformará e renovará.

5. **Não somos suficientes por nós mesmos. Precisamos de Deus.**

Os israelitas poderiam ter marchado ao redor das muralhas de Jericó um milhão de vezes, poderiam ter tocado mil trombetas e gritado até perderem a voz, mas sem o poder de Deus, as muralhas de Jericó nunca teriam caído. Não somos totalmente auto-suficientes; realmente precisamos de Deus. Precisamos de Deus para vencer nossas batalhas, para nos capacitar a amar os outros, para superar obstáculos, e para causar um impacto duradouro no mundo. Precisamos de Deus em nossas amizades, nossas carreiras, nossos casamentos e nossas famílias. Precisamos de Deus. Quando somos tentados a pensar o contrário, vamos encontrar sabedoria nesta história bíblica de que realmente precisamos de Deus em todas as áreas de nossas vidas.

6. **A obediência em Deus importa.**

Se os israelitas tivessem resistido às instruções dadas por Deus a Josué, as muralhas de Jericó não teriam caído. Os israelitas teriam perdido e sido expulsos da Terra Prometida. Sua obediência a Deus importava. Isso ainda é verdade para os crentes hoje. Viver retamente de acordo com os caminhos de Deus, em vez de nossos próprios caminhos, faz diferença. Encontramos encorajamento neste relato para sermos obedientes a Deus e a certeza de que a obediência resultará em bênção (Lucas 11:28).

7. **O que Deus promete, Ele cumprirá.**

Deus prometeu aos israelitas esta terra. A queda das muralhas de Jericó é um grande lembrete de que Deus cumpre o que promete. Passou-se muito tempo entre quando Deus prometeu inicialmente a terra aos israelitas e quando eles realmente chegaram para entrar e reivindicar essa terra. Independentemente de quanto tempo passe, Deus sempre cumprirá Suas promessas. Podemos confiar que Deus é fiel às Suas promessas e estar em paz enquanto esperamos que uma promessa se cumpra.

### Um Lembrete do Poder de Deus

O relato das muralhas de Jericó caindo é uma parte significativa do cumprimento da promessa de Deus de que os israelitas de fato entrariam e possuiriam a Terra Prometida. Este incrível relato no Livro de Josué contém muitas lições valiosas que nós, como cristãos, podemos aprender e aplicar em nossas vidas e entendimento de Deus. Talvez você esteja esperando em Deus, ou talvez esteja se perguntando se Ele vai cumprir. Seja qual for sua situação, as muralhas caídas de Jericó nos lembram do poder e da fidelidade de Deus em que podemos acreditar e depositar nossa esperança.

**Pamela Palmer** é uma escritora, palestrante e fundadora do upheldlife.com, a plataforma na qual ela produz devocionais e recursos de fé para inspirar a manter a fé no centro da vida. Ela está no ministério pastoral e tem a oportunidade de compartilhar nas vidas emocionais e espirituais de outras pessoas. Ela vive e prospera em Jesus, café e música. Ela é autora de *Vivendo uma Fé Mais Profunda: Nutra seu Relacionamento com Deus e Viva uma Vida Impulsionada pela Fé*. Pamela casou com o homem perfeito para ela e eles têm dois lindos filhos. Ela foi publicada em herviewfromhome.com, e você pode segui-la em upheldlife.com ou no Facebook.com/upheldlife.